quarta-feira, 15 de outubro de 2008


“Nos períodos difíceis de minha vida, rabiscar frases - ainda que nunca venham a ser lidas por ninguém - me traz o mesmo reconforto que a prece para quem tem fé: através da linguagem ultrapasso meu caso particular, comungo com toda a humanidade. Toda dor dilacera; mas o que a torna intolerável é que quem a sente Imatem a impressão de estar separado do resto do mundo; partilhada, ela ao menos deixa de ser um exílio. Não é por deleite, exibicionismo, por provocação que muitas vezes os escritores relatam experiências terríveis e desoladoras: por intermédio das palavras, eles as universalizam e permitem que os leitores conheçam, em seus sofrimentos individuais, os consolos da fraternidade. Em minha opinião, essa é uma das funções essenciais da literatura, e o que a torna insubstituível: superar a solidão que é comum a todos nós e que, no entanto, faz com que nos tornemos estanhos uns aos outros. “(Simone de Beauvoir citada por Mirian Goldenberg em "Infiel" Ed. Record)


Imagem de Vermeer

12 comentários:

Rafaela Oliveira disse...

Forte e doce ao mesmo tempo.
Você gosta de coisas boa não é mesmo? :D
Adoreu teu(s) blog(s) :}

Bruna Cabral disse...

Lindo! No meu caso, tenho muita fé e escrevo bastante. Amo as duas coisas. O texto é realmente lindo, e parabéns pelo blog!
Um beijo.
http://oquevocequerserquandocrescer.blogspot.com/

Ms. Molly Bloom disse...

desteto blogs q tocam música sozinhos.

Nana Lopes disse...

Nussaaaaaaaaaaaaaa!
que furacão!!
SR ou Sra MS Molli, pior que musica de qualidade invadindo seu ouvido é sua falta de delicadeza...aff

Nana Lopes disse...

Bruna e Rafaela, agradeço a visita!

Diego Rodrigo disse...

Muito legal, achei engraçado pq parecia um amigo meu em conversa ontem, estávamos conversando justamente sobre isso

Nicolle Longobardi disse...

Bem parecido msm,obrigada por visitar meu blog!Estarei sempre por aqui!
Beijos!

Andréia Guimarães disse...

òtimo texto!
obrigada pela visita e pode deixar q não irei me atormentar com oq os outros pensam..rrs
bjoosss!
aah...adorei as imagens do blog!
amei! ^^

greatdj disse...

Adoro escrever, talvez seja pelo mesmo motivo, libertação.È realmente um bom modo de tirar tudo de dentro

Jonathan Alves disse...

Essa é a melhor fulga!!!

saudade de você em meu blog!

paula barros disse...

Escrever para mim tem sido um processo de descoberta. De sair de mim mesma.

Concordo com Simone de Beauvoir .

Foi muito bom ler esse texto.]

abraços, bom final de semana.

Fabiano disse...

Oi, no ocasional aqui eu vim
adoro tudo que poetico e de sentimento e tambem adoraria se opnasse ou visitasse meu blog..http://fabijoy.zip.net/, nao me preocupo muito com as criticas e nem o correto bonito,mas o certo e que me perco no verdadeiro sentir das palavras...e assim escrevo, no mais obrigado e adorei o blog..