segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

FELIZ 2008!!


“A esperança não murcha, ela não cansa,
Também como ela não sucumbe a Crença.
Vão-se sonhos nas asas da Descrença,
Voltam sonhos nas asas da esperança” (Augusto dos Anjos)

domingo, 30 de dezembro de 2007

A ERA ORKUT....


Domingo a noite,meio entediada dei aquela tradicional zapeada e me deparei com uma reportagem do Programa Fantástico que citava o assassinato da filha da Gloria Perez, a Daniela. Quando comecei a ver a reportagem já estava no final,mas deu pra ver uma referencia ao fato dele ,Guilherme de Pádua o assassino, ter um perfil no orkut. Eu , que sou uma curiosa por natureza linkei o perfil do moço por volta das 22:53,hora de Brasilia,, la já estavam umas 20 mensagens enviadas no mesmo segundo. Claro que não eram nada simpaticas e gentis o povo pegou pesadissimo!! Ele tinha em seu arquivo 2884 mensagens no momento em que eu linkei . Dai em diante começou aquela loucura,a mesma que aconteceu com o perfil da Katilce, aquela menina que beijou descaradamente o cantor Bono Vox,Paul David Hewson. Sei que não e nada bonito pessoas ofederem outras,mesmo com um motivo tão sério que é matar alguém tão violentamente mas, tragédia à parte, dei muita risada com a criatividade do povo. Aproveitavam pra fazer toda sorte de propaganda de comunidades,perfis,sites,blogs,falavam mal de times, faziam graça com a emissora que havia feito a reportagem, pedidos diversos,xavecos,propaganda de venda de carros,parecia uma mistura de mercado popular com cerimônia de apedrejamento,uma farra com muito humor ácido e sarcasmo entre xingamentos e pragas rogadas ao assassino. Se não fosse trágico até que seria muito engraçado. Mas por lá vi muitas pessoas que ali foram só para se divertir e aproveitar o momento da grande farra. Fui dar uma voltinha pelos perfis dos amigos que se diziam fãs e eis que lá estavam também ofendendo os amigos do dito. Os amigos dele começaram a logar o orkut e todos colocaram cadiadinhos em seus perfis dando fim a baderna que havia se instalado. Quando o suposto Guilherme de Pádua ficou on, por volta das 23:25, (sei disso pois ele bloqueou o orkut dele também) os scraps estavam em mais de 20 mil. Impressionante a quantidade de postagens por segundo. Impressionante como as pessoas falam coisas crueis,mesmo para um assassino.Fiquei tão admirada atualizando e lendo os scraps ali escritas que esqueci de printar esse evento tragicômico,mas ai esta o print do momento em que ele colocou cadeado em seu perfil e um dos últimos momentos de ultima amiga a usar seu direito de privacidade. E por fim acharam também o perfil da Paula a ex namorada envolvida no crime...Se ele se arrependeu ou não,não cabe a mim julgar. Mesmo porque imagino que mesmo o mais cruel e animalesco ser dito humano,por pior que seja, deve ficar com a imagem do sangue,agonia, voltando na sua memoria e isso deve torturá-lo o tempo todo. Bem, imagino que sim, uma vez quando moleca ainda,machuquei um amigo com uma lata aberta e fiz um estrago na cabeça dele sem querer e até hoje, vez ou outra me vem a mente o desespero dele com o corte, minha agonia por vê-lo machucado...Esse moço não deve ser tão frio assim. Acredito que a pior condenação é a culpa e a impossibilidade de restaurar a vida tirada. Se realmente se converteu ai que ele deve ter sua consciencia mais aguçada e triste . Perdão de Deus é para todos que o pedir de verdade, agora ter o perdão da mãe,esposo,parentes e amigos , ai a coisa complica. A familia dela com certeza sofrerá o resto da vida pela perda,perdi minha mae ha dois naos de morte natural e não me conformo,imagina voce ter um parente morto de forma tão cruel... Ele perdeu sua juventude na cadeia, vai passar sua maturidade com uma cicatriz e uma imagem que deve torturá-lo enquanto viver. Tomara mesmo que ele tenha se arrependido, sou cristã e acredito na salvação de Dimas o chamado "bom" ladrão que antes de morrer se arrependeu sinceramente de suas culpas. È o mistério do amor e justiça de Deus e é para todos incondicionalmente.

Aqui vai um trecho da sentença :

"O réu Guilherme de Pádua Tomaz foi denunciado, pronunciado e libelado como incurso nas penas do art. 121 §2º, inciso 1 e inciso 4 do Código Penal Brasileiro, por ter no dia 28 de dezembro de 1992, no período noturno, em local ermo existente na Barra da Tijuca, nesta cidade, fazendo uso de instrumento pérfuro-cortante, desferindo golpes em Daniela Perez Gazolla, causando-lhe, em conseqüência a morte, conforme descrito no alto de exame cadavérico de fls. 59/60. A acusação ainda envolve as qualificadoras do motivo torno e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima. (....)

A conduta do réu exteriorizou uma personalidade violenta, perversa e covarde quando destruiu a vida e uma pessoa indefesa, sem nenhuma chance de escapar ao ataque deseu algoz, pois, além da desvantagem na força física o fato se desenrrolou em local onde jamais se ouviria o grito desesperador e agonizante da vítima.

Demonstrou o réu ser uma pessoa inadaptada ao convívio social, por não vicejarem no seu espírito os sentimento de amizade, generosidade e solidariedade, colocando acima de qualquer outro valor a sua ambição pessoal (...)"
Fonte :http://www.sindromedeestocolmo.com/







Uma animação relaxante...

sábado, 29 de dezembro de 2007

Efémero,Fulgaz.Assim foi 2007...



As bolas de sabão que esta criança
Se entretém a largar de uma palhinha
São translucidamente uma filosofia toda.

Claras, inúteis e passageiras como a Natureza,
Amigas dos olhos como as cousas,
São aquilo que são
Com uma precisão redondinha e aérea,
E ninguém, nem mesmo a criança que as deixa,
Pretende que elas são mais do que parecem ser.

Algumas mal se vêem no ar lúcido.
São como a brisa que passa e mal toca nas flores
E que só sabemos que passa
Porque qualquer cousa se aligeira em nós
E aceita tudo mais nitidamente.

Poema pertencente à colectânea "O Guardador de Rebanhos" de Alberto Caeiro:


Desejos para 2008


Há quem pensa que ser meigo,doce,e procurar a melhor forma de estar bem, ser sim
pático com todos a sua volta é ser piegas ou usar de falsas atitudes. Prefiro ver de outra forma. Continuo acreditando que perseguir diariamente uma maneira de vida mais calma,tolerante, pacífica,bem-humorada é caminho certo para se ter mais saúde física,mental e espiritual. Nada como poder deitar a noite e saber que não magoou alguém. Desejo muita delicadeza. Preciso de delicadeza. Tenho dois filhos e preciso ensiná-los sobre delicadeza no melhor sentido da palavra.

Desejos para 2008



Desejo cada dia "ver" melhor. Lançar sempre um segundo olhar sobre as coisas,fatos e pessoas.Muitas vezes o que aparece em primeiro plano não é exatamente a imagem verdadeira ou a única possibilidade de foco. Desejo ser mais justa. Desejo ser mais lúcida.


Desejos para 2008


Muito,muito amor.Amar,amar e amar!!

Desejos para 2008


Que todos possam ter uma vida financeira melhor que em 2007,consequentemente melhor qualidade de vida. Esta provado que se os menos favorecidos passam a ganhar um pouquinho que seja a mais,toda economia se movimenta.

Desejos para 2008


Que de minha cabeça possa brotar boas ideias e pensamentos. Que de alguma forma possa ajudar alguém com as mesmas.Que frutifiquem todas as informações depositadas nela. Espero que as ervas daninhas do desânimo não venham embotar meu verde cefálico hehehehehehehe! Bons ventos soprem meus cabelos!!

Desejos para 2008


Manter a "mente quieta,a espinha ereta e o coração tranquilo..."

Desejos para 2008

Um MILHÂO de motivos para sorrir!!
]

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Mudança

Sim, concordo, definitivamente sou uma "topeira" no quesito macetinhos para blogs. Não sei praticamente nada de tutoriais,templates e afins(quem sabe nas férias de sobrar um tempo aprendo um cadin,lerei mais sobre o assunto).Estava enjoada da cara ocre/creme do blog.Fiz uns testes durante a tarde.Mudei pra rosa e ficou muito meiguinho.Verde não achei que ficou legal.Azul ficou triste. Cansei!!Por enquanto resolvi deixar um cinzão bem sóbrio,neutro e discreto . Vamos ficar assim até eu aprender mudar a cara do blog e quem sabe personalizá-lo. Beijos da Nana
PS:Oscar (sapinho) amei sua ideia e copiei,heheheheheh

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Feliz Ano Novo!!Retrospectiva 2007

Para ser sincera não me empolgo com a passagem do ano. Para mim e quase que uma noite comum. Meu ano novo não é na passagem do dia 31 de Dezembro para 1 de Janeiro.Meu ano novo começa em 28 de Outubro,data de meu aniversario. È nessa data que faço meu balanço de vida,erros,acertos,conquistas,fracassos...
Em Fevereiro desse ano resolvi voltar a estudar,depois de 20 anos que sai da faculdade,voltar me deu novo estímulo. Havia mais de um ano que não desenhava,nem pintava,nem produzia nada. Da fase triste pós ataque fulminante do coração que levou a minha mãe a morte fiquei meio que em "choque" com a noticia pois ela estava muito saudável e feliz. Por um período e decidi não guardar nada dessa tristeza que me abateu e que acabou me deixando de herança 20 quilos a mais , entre outras cositas.
Para esse ano de 2008 preciso eliminar de vez os quilos que não me pertencem, voltar as caminhadas que tanto gosto, estudar flauta transversal a sério,m( sem tempo de ir a um conservatório e este ano não consegui um prof com horário flexível que venha em casa). Se no final do ano que vem tiver conseguido esses dois itens já estarei muito feliz. São coisas que me ajudarão na minha saúde e bem estar.
Em 2008 meu filho mais velho termina o ensino médio.Uma vitória.Passamos por períodos difíceis na época da separação e mesmo na dificuldade ele jamais perdeu um ano. Deus cuidou de nós de forma muito carinhosa.
Voltei a fazer meu diário visual, fiz muitos rabiscos. desenhei compulsivamente Muito material. Algumas coisas gostei bastante,outras nem tanto,mas servem para comparação daqui uns tempos. Postarei abaixo algumas das muitas imagens de meu diário visual. Meu caderno que levo pra todo lugar. Foi feito por mim com papeis de diversos tipos ,texturas e gramaturas. Costurei as folhas e fiz uma encardenação. Há no diário rabiscos despretenciosos, alguns devaneios,enfim ,rabiscos...Desejo a todos os amigos um feliz ano de 2008.Muita paz,saúde,sucesso,amor e todas essas coisas boas e indispensáveis para sermos felizes completamente.Beijos!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Respondendo Meme do Kallango...


Esta é a imagem que esta na minha área de trabalho. Tuty dando uma de Harry Porter

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Morgando...


To na preguicinha por esses dias. Com a chuva deliciosa que cai em Brasilia desde domingo, de férias,com as providências natalinas praticamente tomadas,a casa em ordem,me resta a ficar debaixo do edredon,assistir filminhos,brincar com o Tuty,namorar...Coisa chataaa!!Beijos!!Mais tarde eu volto!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Um amigo manuelante...

Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

De Antonio Di Paula

Extravagância!!!
Palavra aumentada para longe...
Ente vertical.
Vertiginoso.

Tenho cravos cravejados dentro
e um mais novo paladar para cafés.
O sol por vezes me desretina.
Sou surrado de flores.
Sou sussurrado por elas
As pétalas me transem...
Trazem...
Estão em meu nome.
Antologias...

falo por sugestão.
Leia nas entrelinhas,
Impressão silenciosa,
gritante que diz.
Tenho afeto por silêncios inauditos,
Por palavras mal ditas...
Por palavras que não fazem sentido;
Fazem sentir...

Eu fui futuramente.

Eu habito nos vulcões.
Nas canções que não tem fim,
Nas paixões que dizem sim...

então, sou a condição inata e inevitável da pulsão.
Há que se falar que tenho letras e mais letras nos dentes,
que falo por resquícios e demências,
Que vou nos vãos de mim até perder os juízos,
os pesos,
as mesuras, enfim...
___________________________
A Lua é um Sol que se esqueceu.
É uma gêmea da Luz no Breu.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!



Admiro os trabalhos do Antonio.Gosto de xeretar seus rabiscos - é bonito de ver gente jovem que sabe pensar .Antonio Di Paula é artista plástico e estudante de artes plásticas da FADM ,poeta e sorridente.As imagens da postagem são dele também.


Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

"A Arrumadeira desperta os móveis adormecidos" Gaston Bachelard


Férias,férias. Mulher-mãe jamais tira férias de verdade a não ser em raras excessões. Com a molecada em casa não se tem sossego,é um tal de mãe eu to com fome,mãe quero suco,mãe vamos brincar,mãe conta história,mãe,mãe,maeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!
Com a agitação das duas ultimas semanas nossa casa ficou em petição de socorro. Muita coisa fora de lugar. Muuita roupa pra lavar,enfim,coisas de casa que não tem fim mesmo. Aproveitando os primeiros dias de férias estou colocando as coisas em ordem.
Enquanto eu estava limpando a casa, me lembrei de uma citação do Gaston Bachelard no livro A Poética do espaço quando ele se refere a arrumação da casa e limpeza dos objetos que nela estão. Dei um tempo na vassoura e fui procurar o trechinho pra mostrar pra vocês. Vejam que interessante o que ele fala sobre o polimento dos móveis [...No momento em que acrescentamos um clarão de consciência ao gesto maquinal, no momento em que fazemos fenomenologia esfregando um velho móvel, sentimos nascerem, sob o terno hábito doméstico,impressões novas. A consciência rejuvenesce tudo. Dá aos atos mais familiares um valor de começo...quando com um paninho de lã, que aquece tudo o que toca, passa um pouco de cera aromática em sua mesa, ele cria um novo objeto, aumenta a dignidade humana de um objeto, integra o objeto no estatudo da casa humana...Os objetos assim acariciados nascem realmente de uma luz íntima; chegam a um nível de realidade mais elevado do que os objetos indiferentes, que os objetos definidos pela realidade geométrica. Propagam uma nova realidade de ser. Assumem não somente o seu lugar numa ordem, mas uma comunhão de ordem . Entre um objeto e outro, no aposento, os cuidados domésticos tecem vínculos que unem um passado muito antigo ao dia novo. A arrumadeira desperta os móveis adormecidos.]".A Poética do Espaço Pag. 80 terceiro parágrafo-Gaston Bachelard

Bachelard é meu filosofo preferido e pensando nas coisas por esse ângulo, o trabalho de por a casa em ordem fica muito,muito mais fácil de encarar. Depois de limpar e polir a mesa de centro, me pareceu que ela me sorriu agradecendo.Quase dei um beijo nela,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Vou ver minhas panelas!!Bom jantar para todos!

A Imensidão Intima

O mundo é grande,mas em nós ele é profundo como o mar.Rilke

domingo, 16 de dezembro de 2007

Era uma vez...

Dentre as coisas natalinas,as músicas são as que mais me encantm, Sei um repertorio vasto,desde as mais conhecidas até as de origem medieval,espanhola,alemã e por ai vai. Meus filhos gostam muito de me ouvir cantar as que tem o melhor enredo,claro,criança gosta de história. Há uma linda canção que é baseada numa lenda de Natal que aprecio ouvir,cantar e contar. È a estória de um pequeno pastor que teve sua velhinha ferida gravemente,nada ele poderia fazer para ajud-a´la.Desconsolado com o destino do pobre animal o menino ouviu rumores de que sábios do oriente se encaminhavam por aquelas paragens então o pobre pastorzinho foi ao encontro dos Reis magos a procura de uma solução para o seu problema. Os sábios magos do Oriente atravessaram desertos por dias para ir ao encontro do menino Deus. Sabiam exatamente onde Jesus estava pois há muito estudavam as estrelas e previram o grande acontecimento universal... O menino pastor finalmente encontra os Reis magos,mas recebe a informação que nenhum rei poderia salvar a ovelhinha, exceto o rei bebe deitado calmamente em uma manjedoura.
Então o pobre pastor ficou triste e desesperançoso, pois sabia de sua enorme pobreza material,como poderia ir até o rei?percebe que os Magos levam ricos presentes e ele nada tinha para ofertar além de sua ovelha e seu tambor.
Mas toda aura de amor impregnado naquele lugar e a alegria enorme em ter a esperança de evr seu animalzinho vivo e saudável o levou a compreender que ali não estava apenas um bebe. Então ele com todo amor que tinha no coração,pensando na sua ovelhinha e em presentear o bebe rei, tocou seu tamborzinho, seu único patrominio,aquele que ele usava nas horas mais felizes de sua vida e então o menino louvou a Deus com sua música. Em num lindo milagre eis que a ovelhinha se levanta.
Muitas vezes, quando nos deparamos com nossa própria pobreza espiritual,nos sentimos assim como o pequeno tocador de tambor ,pobres e sem capacidade de oferecer lindos tesouros a Deus . Nos afastamos do convívio Divino muitas vezes por vergonha de nossas imperfeições. Achamos que para estarmos perto de Deus,devemos estar melhores do que somos, ou mais limpos,ou ricos.Mas Deus, esse Deus que aprendi a amar, aprecia muito o que há de mais inerente e divino no ser humano:a capacidade de amar e se doar.Apesar de um mundo tão mal , tantas notícias do ódio e desamor, a cada dia temos pequenas manifestações desse lado divino que temos,talvez a única coisa que faça valer a pena estarmos vivos, seja quando renunciamos alguma coisa em beneficio de outra pessoa, ou dando a mão a alguém que padece de ajuda ,um pouco de seu tempo para ouvir um desabafo, um ombro amigo, ou até mesmo um simples e despretencioso sorriso... Seja a cada erro levantando e se esforçando para não cair mais ou na consciência de nossa imperfeição humana é que encontramos o nosso elo perdido da Perfeição Divina.Tenho absoluta certeza que cada um de nós temos um "tambor" para tocar para Deus e ao tocá-lo, que seja amorosamente.
Não consegui baixar a canção do pequeno tocador de tambor,mas achei no Youtube uma animação lindinha da lenda de natal.Para quem gosta de animação e lindas histórias, vale a pena conferir.Beijokas e uma semana linda a todos!!!

Para pensar e discutir

Revirando uns guardados ,reencontrei esse depoimento do Nijinsky que pode render um bom debate.



Penso frequentemente nas estrelas. Não gosto de astronomia porque não nos explica Deus. A astronomia nos ensina a geografia das estrelas. Não gosto de geografia pois não gosto de fronteiras. Para mim a terra é só um estado. A terra é a cabeça de Deus e Deus é o fogo na cabeça. Estou vivo desde que haja fogo na minha cabeça. Meu pulso é como um terrremoto. Sei que se não houver mais terremotos, a terra esfriará e toda humanidade junto, porque as pessoas não serão capazes de existir (Nijinsky).



O que pensam disso???

sábado, 15 de dezembro de 2007

Uso a palavra para compor meus silencios-Manuel de Barros

Minha amiga Regina sabe que eu amo esse poetinha que voa fora da asa e me enviou dois poemas dele sonorizado.Valeu RÊ!!!Vou dividir com voces. Aproveitem. È só clicar na caixinha ´aqui na postagem.Beijos.E o sabadão de voces como esta??





free music

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Sinestésico e cinestésico


Hoje cedo comentei que ando cinestésica, ai achei que seria legal falar também sobre Sinestesia. Há muito tempo atras travei um debate com um amigo que havia dito que eu tinha grafado a palavra errada,mas eu sabia o que queria falar . È uma dúvida muito comum,mas são palavras de sentidos diferentes. Uma vez, ainda na década de 80 Kiko , colega de faculdade, ao observar uns desenhos meus me perguntou que "chá" eu havia bebido pra ver tantas cores. Dei uma risada pois notei que maliciosamente ele insinou que eu poderia ter feito uso de algum alucinógeno para viajar . Disse a ele que em estado normal já viajo muito, imagina se bebesse "Chas".Rimos disso pois o maximo que cheguei perto de drogas foi o triste contato involuntário com a fumaça de um cigarro de maconha no banheiro da faculdade e me deu um enjoou danado.Troço fedido!! (risos). Voltando aos desenhos,eu comentei com o Kiko , o amigo em questão que o que ele estava vendo eram as cores da música que estava ouvindo enquanto produzia os trabalhos . Lembro-me bem que fiquei um dia inteiro ao som do Viagem ao Centro da terra com o Rick Wakeman" By horse, by rail, by land, by sea, our journey starts Two men incensed by one man's journey from the past In Iceland, where the mountain stood with pride "...lindo esse trecho da música.Ouvi repetidas vezes ,me deixei levar pela narração entre as músicas. No momento em que o narrador falava das galerias de lava e cristais nas paredes ,das estalactites e estalagmites e comparava a caverna como uma catedral gótica ,realmente me faziam viajar. Hoje em dia com um filho de 16 anos e suas músicas, sei exatamente o que minha mãe coitada sentiu reclamando que não aguentava mais ouvir a mesma música odia todo.O fato é que eu havia pintado as cores e formas que eu ouvi e o resultado foi espetacular. Uma coisa engraçada que acontece comigo também é que consigo saber o sabor da pamonha pela cor.Se é de doce ou sal sóde olhar . No meu caso são exemplos de sinestesia cognitiva.Mas com uma pessoa de fato sinestésica a coisa e´mais intensa




A sinestesia é um fenômeno de contaminação dos sentidos em que um único estímulo - visual, auditivo, olfativo ou tátil - pode desencadear a percepção de dois eventos sensoriais diferentes e simultâneos. Há pessoas, por exemplo, que toda vez que sentem um odor (real), escutam certo som (imaginário). Outros enxergam em cor uma letra do alfabeto escrita com tinta preta. Não se trata de um transtorno temporário na maioria dos casos, ainda que haja algumas raríssimas exceções; por isso um dos principais critérios para o diagnóstico da sinestesia é sua estabilidade ao longo do tempo. Geralmente a associação entre estímulo e percepção ocorre apenas em um sentido: quem vê a cor vermelha (imaginária) toda vez que ouve nota dó (real) não escuta a mesma nota (imaginária) quando vê qualquer coisa vermelha (real)..

Para conhecer mais

Sinestesia, arte e tecnologia: fundamentos da cromossonia. Sérgio Roclaw Basbaum. Editora Annablume, 2002.


Cognitive neuroscience perspectives on synaesthesia. Jason B. Mattingley e Jamie Ward (orgs.), em Cortex, edição especial nº 2, vol. 42, 2006







Agora em relação ao estado cinestésico ,dizem pessoas com sistemas de representação cinestésicos percebem as coisas através do corpo e da experimentação. São muito intuitivos e valorizam especialmente o ambiente e a participação. As pessoas cinestésicas se mostram relaxadas ao falar, se movem e gesticulam. Falam devagar e sabem como utilizar as pausas. Às pessoas cinestésicas gostam de tocar e aproximar-se de outros. Percebem facilmente o ambiente e o mobiliário incômodo assim como o frio e o calor. (Repo & Nuutinen 2003, 38).



Para terminar, vou deixar o som viajante do velho Rick ,uma releitura do livro de Julio Verne, Viagem ao Centro da Terra.Com vocês o mago dos teclados .

Nefelibata que habita na asa

Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!Chove torrencialmente em Brasília desde a madrugada.Brasília amanheceu silenciosa. Minha quadra amanheceu silenciosa. Com a temporada de férias decretada, e morando em uma quadra de imóveis funcionais,a rua vai ficando com menos trânsito de pedestres e carros, os estacionamentos aos poucos se esvaziando. È a debandada geral para as pessoas que são de outros estados e aproveitam o recesso das festas para visitarem suas famílias. Gosto desse silêncio...
Moro na Asa Norte do Plano Piloto de Brasília e é um local muito gostoso de viver.O que mais gosto daqui é a área verde que me cerca. Gramados extensos,árvores ,muitas árvores e com elas pássaros e outros seres alados.
Estou com muita saudade de meu amor cigano,ontem foi para o Uruguai, conversar ao telefone,net, é muito pouco. Ando mesmo cinestésica!!. Contrariando meus hábitos de coruja fui dormi muito cedo ontem, por volta da 22 horas,o ritmo desde a semana passada realmente havia me esgotado,tanto que resfriei. Acordei disposta e resolvi fazer uma caminahda na chuva afinal férias são feitas para se sair da rotina. Caminhei com calma,apreciando a mudança da paisagem, gotas sob as resistentes flores amarelas que parecem a flor do Ipe ,o verde exuberante que o gramado adquiriu, os galhos secos que a chuva derrubou durante a noite. O cheiro fresco da chuva misturada com o aroma da resina das árvores do cerrado. Gosto tanto do cheiro dessas resinas. Vi a festa que o casal João e Maria de barro estavam fazendo com fartura de terra molhada. Será que a chuva avariou a casinha deles? não pude ver a árvore era muito alta.



Passei por algumas pessoas que caminhavam apressadamente tentando em vão se proteger da chuva forte e me olharam com surpresa pelo fato de não estar com guarda-chuva ou capa para me abrigar.
Depois de uma madrugada inteira de chuva,toda a poluição do ar ,que aqui nem é tão considerável,já se foi literalmente por agua a baixo e eu queria aproveitar um pouco dessa agua límpida que caia em cima de mim. Gostoso a sensação das gotas de chuva fazendo um caminho da testa ao queixo do mesmo modo também o arrepio que as vezes percorre o corpo por eventuais gotas que por hora vem mais geladas.
Fui tão perdida em meus pensamentos que quando dei por mim já conseguia avistar a Catedral.Linda e branca. Suas arestas como duas mãos elevadas em oração.È mesmo uma bela peça da arquitetura moderna. Agradeci a Deus por estar viva e saudável.

Me lembrei do Oscar Nemeyer que amanha fará 100 anos, arquiteto dessa cidade, com seus ideias comunistas se frustou pela segregação que acabou gerando pós a construção de Brasília, os "candangos " que não tiveram lugar na linda cidade...
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS! Fiz o caminho de volta me lembrando de coisas,pessoas ,encontros,desencontros,amores,e acontecimentos que vivi,vi e senti e que também faz parte da história dessa cidade. Me bateu uma saudade danada!!
Devaneios a parte,cheguei,tomei um banho quente e um chá de maça com canela e espero sinceramente não gripar de vez pois já estava resfriada.Esta foi a segunda chuva que tomo essa semana e esta de hoje me molhou até a alma. Bem, por enquanto é só, estou feliz,serena , descansada e nesse exato momento aquecida por fora e por dentro. Agora vou dar atenção ao Tuty que acaba de acordar.Mais tarde eu volto.Beijos sabor maça com canela!! Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Com amor, paint brush...


Lápis de cor
(Fátima Guedes)

Com amor, lápis de cor,
Desenhei uma casinha pra gente ir morar,
Com fumaça na chaminé
E o sol a brilhar
No canto da página.
Com amor e lápis de cera
Desenhei uma mangueira com uns passarinhos.
É difícil traçar bichinhos
Sem saber desenhar
Mas eu tentei.
Plantei um jardim caprichado,
Um pouco estilizado, diferente.
Pus uma cerca branquinha embora
Cerca nada tenha a ver com a gente
E foi tanto o meu empenho
Que o tal do desenho estava lindo
Com os pássaros cantando e o sol saindo
Do canto da página

Ontem amanheci com essa música colada na mente, foi o dia todo cantando mentalmente,depois em vocalize,ai passei a cantarolar,assobiando, em alto e bom som e nada de esquecer.
O mais engraçado é que a noite ouvi uma figurinha aqui em casa tomando banho assobiando a dita cuja.Contaminou.Suspeito que até meu canário anda gorjeando algumas notas.Então para exorciza-la resolvi fazer um singelo desenho a la paint brush ,deixei o meu lado Naif de ser que há muito não se manifestava vir à tona e logo acima está o resultado.O ideal seria fazer à lápis de cor mas a pressa e a facilidade tecnológica fui de paint mesmo. Acho que não fazia um desenho tão singelo assim desde os os 10 anos.
Me lembrei dos velhos tempos de professora de artes da quinta e sexta série e pensei em fazer um desafio aos leitores desta postagem tosquinha.È o seguinte: Gostaria que após ler essa postagem voce caro leitor fizesse um desenho à paint. O tema é a música da Fátima Guedes. Para ouví-la é só clicar na caixinha abaixo.Após ouvir a canção,sentir o clima,se inspirar, lembrar do tempo de infância,faça um desenho no no paint brush,bem capricho e colorido, assine e me envie via e-mail, via orkut, ou post no blog, e me avise pra eu pegar. Gostaria de mostar os resultados aqui. .Vou amar ver os desenhos estilo Naif de voces.Galeria de Arte Naif no meu bloguinho. Tomara que topem a brincadeira.Espero ansiosamente.Beijokas e bom dia!!


Para ouvir a canção clique aqui
i
free music



Arte Naife,falando de forma simples é a mesma coisa de arte ingênua,que originalmente é feita por pessoas que não são artistas plásticos ou de formação acadêmica mas com reconhecido valor estético. Portanto solte o Naif que tem dentro de voce!!

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Finalmente férias!!

Amanha graças aos Céus entro de férias.Não via a hora de relaxar e fazer coisas diferentes da rotina.
Amo essa época do ano.Tenho deliciosas recordações desse período de festas exceto uma do ano em que perdi meu bebezinho que teria lindos 10 anos agora,mas...
O restante é só alegria!!



Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!


Finalmente depois de tantos protestos do Tuty,montamos hoje nossa árvore de Natal.È pequena de 1.50 de altura,mas é um tamanho ideal para uma sala de apartamento.
E lá fomos nós retirar árvore da caixa.Espirro.Separar enfeites.Espirros,trocar lampadinhas do pisca.Preguiça. (detesto fazer essa troca de lâmpadas,mas ainda bem que aqui em casa tenho uma penca de seres masculinos,portanto,jamais preciso fazer esse tipo de trabalho,kkkk).
Enquanto iamos separando todo o material,Tuty me perguntou se faziamos àrvores de Natal no meu "tempo" de criança.Como se meu tempo fosse há 100 anos.
Comecei a narrar sobre árvores de natal do meu tempo de criança.
Meus pais mudaram-se para Brasilia em Julho de 1964,portanto,Brasilia era recém inaugurada.
Meu pai é mestre de obras e trabalhou na construção de Brasilia e depois da inauguração da cidade voltou para Minas reatou um namoro antigo com minha mãe que resultou no casório em 62 .Já falei sobre isso.
È claro que Brasilia não era para meu pai,simples trabalhador da cosntrução civil.Brasilia ficou somente para servidores públicos e pessoas de classe social abastada que vieram a Brasilia com incentivo e alguns com mordomias para montar seus negócios.Tudo era caro e raro.O que era de qualidade, só servia há poucos.
Era costumo da minha familia em Minas,fazer presépio,minha mãe comentava da lapinhas feitas com todo cenário do nascimento de Cristo e eu ficava encantada quando ela me dizia que colocavam sementinhas de arroz para germinar e formar a vegetação dos presépio.Mas isso era costumo de minha avozinha Ana que era católica fervorosa e costumava reverenciar a santos e imagens.Toda noite a familia e vizinhos se reuniam em volta da imagem da virgem com Jesus e lá faziam suas orações.
Meus pais não são católicos, aboliram o item lapinha,pois a principal função era a adoração,então, chegando a Brasilia e construido sua própria familia, fomos adaptando nossas próprias tradições natalinas, de acordo com o passar dos anos,nossa identidade religiosa, e as condições financeiras que tinhamos.Cultura é uma coisa maravilhosà,mutande ,dinâmica .
As árvores de Natal que na minha época de criança eram consideradas as mais belas eram extremamente caras.Quem é da minha idade vai se lembrar daquelas grandes árvores laminadas que vinham de varias cores desde o prata,dourado,cobre além de todas as cores do espectro solar é claro.
Essas árvores eram onerosas para o parco salário que meu pai recebia e a familia já estava grande, os filhos nasciam com a distancia de no máximo 2 anos e meio de diferença um do outro,em poucos naos eramos 5 irmãos.Bem ao gosto dos mineiros.Familia grande e todos os filhos com os nomes da mesma letra,no nosso caso a eleita foi a letra "E".

Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!


Voltando as árvores de natal, nessa fase inicial onde os filhos foram nascendo um atras do outro, não podiamos comprar uma árvore de loja,portanto,faziamos a nossa.Brasilia tem lindas árvores retorcidas e depois das queimadas naturais que acontecem por aquitempo antes da primavera, ficavam belos galhos secos jogados pelo chão a nossa disposição pelo cerrado.Onde morávamos era um local onde tinhamos acesso a uma porção imensa de cerrado virgem,lindo.Ir até la´era um dos meus passeios preferidos.Iamos com frequencia a esses passeios,por falta de opção de outros divertimentos e pro que havia uma tia avó de minha mae que tinha um sítio onde hoje aqui chamamos de Areial.Lugar lindo perdido em meio ao cerrado onde haviam muitas e muitas nascentes de gua limpínha e fresca.Qualquer dia desses falao mais sobre esse local e o que isso tudo virou.POis bem, a familia ia munidade de facão e uma lona para excolher o galho que seria a nossa árvore. O facão era para retirar lá mesmo os galhos que não seriam aproveitados e parte do carvão, a lona era para nos proteger no carvão que esses galhos tinham pois eram resto de incendio.As árvores do cerrado tem uma espécie de cortiça que as protegem desse incendios e por baixo fica uma madeira bem lisinha e intacta.
Meu pai retirava toda a casca do galho seco que escolhiamos, levavamos para casa e lá cobriamos de algodão (aquele ideal de natal com neve, que costumamos ver em filmes infantis e nos cartões e papel de presente ,coisa de criança de pais colonizado mesmo).

Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!


Após cobrirmos de algodão e colocar o galho numa lata de areia previamente coberta de papel laminado, ai começava a parte que mais gostava,as dos enfeites. Achava tão lindas as bolas de natal translucidas de vidro.Eram perigosas,principalmente para quem tem crianças pequenas e traquinas.Meu irmão Eduardo quando tinha uns 2 anos, viu uma linda e vermelhinha e a colocu na boca.Imagina, uma bolinha de vidro triturada numa boquinha de 2 anos!!Mas como dizem que anjo da guarda de bêbado e criança nem pisca,para o alivio de todos ele saiu dessa sem nenhum corte.Milagre de Natal??quem sabe...
Depois do trabalho terminado,desligavamos a luz da casa, deitavamos no chão e ficavamos olhando as luzes piscando com os olhos semi cerrados,era lindo ! Pra completar o pacote de tradição do dia de montar a árvore,nossa mãe contava mais uma vez a historia do nascimento de Cristo,ao som do único disco de músicas natalinas que possuiamos.Era de um harpista chamado Poli. Na época achavamos lindissimo, hoje em dia nem acho tanto,mas gosto de ouvir pela saudade que tras.
Quando a luz do pisca-pisca atravessava aquelas bolas de vidro, a voz da minha mãe contando história,a música e nosso trabalho em equipe tão bonito, ali o mundo parecia mágico,calmo,justo.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

Tuty ouviu toda a minha narrativa tão caladinho que até me surpreendeu.Coisa rara.Ai como é típico dele em toda conversa, ele arrematou dizendo : Mamãe,seu natal era muito lindo.Tinha muitos irmãos para arrumar a árvore.Isso já era um bom presente ne!!
A diferença de idade do Arthur para o Henrique e o Victor(enteado) é de 8 anos, portanto temos em casa 3 filhos únicos , dois adolescentes e uma criança,relativamente solitários, com interesses diferentes.Tuty as vezes se sente solitário de irmão...
Realmente, o que tinha e tenho de mais rico, gostoso em meu natal é a presença de meus irmãos e pais,filhos,marido,sobrinhos e alguns irmaos adotivos que na vida a familia foi adotando...Natal é familia.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

O Amor desfaz nós e cria laços


















Vou dormir pensando nesse assunto...Beijos e uma semana cheia de pessoas queridas e coisas gostosas .

sábado, 8 de dezembro de 2007

Mamãe, voce sabe o que é górgula??



Foi assim que Tuty me acordou hoje. Um questionamento que no primeiro instante ainda sonâmbula, precisei processar a palavra e no que o faria fazer uma pergunta dessas aquela hora da manhã. Sabendo que é um termo bastante usado na arquitetura ,principalmente na medieval,a gótica para ser mais exata ,me perguntei:teria lido algo do Vitor Hugo? visto a animação da Disney? ou quem sabe algosobre a Notre Dame de Paris?
Passados os segundos entre o acordar e eu abrir a boca para respondê-lo, ele foi despejando todas as informações possiveis sobre a própria pergunta.
Interpelei quanto a fonte que ele tinha retirado as informações pois sei que não faz parte do curriculo da segunda série.Ele me disse que havia lido na revistinha que tinhamos comprado essa semana. E foi tagarelando sobre tudo que leu: a vida das abelhas, o processo do sono,como a gente ri, o que os pintores de prédios fazem para pintar os edifícios do lado de fora,por que o panda esta em extinção e o que é uma estação ecológica e pra terminar por que não conseguimos ficar muito tempo sem respirar... Ufa!!
Depois dessa chuva de informações ele arremata com a tradicional pergunta matinal: o que temos de café "di manha"??
E eu que achei que queria comprar a revista somente por conta dos brindes que vinham na edição. Acho que foi um bom investimento de R$ 9,95. Boa tarde de sábado crianças!!



Ps: Górgula é um termo que se origina da palavra francesa gargouille,gargalo ou garganta.Górgulas são a grosso modo,uma espécie de calha para escoar agua de chuva. São parte saliente das calhas de telhados a certa distância da parede e que, especialmente na Idade Média, eram ornadas com figuras monstruosas, humanas ou animalescas, comumente presentes na arquitetura gótica. Notre Dame de Paris é um excelente referencial para se observar esses elementos arquitetônicos.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Beijo e flor

Amanheci feliz.
Hoje meu dia será bem corrido,mas não poderia deixar de vir por aqui. Deixo um beijo e uma flor!Boa sexta feira!!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

È de manha...

Acordar cedo,ir para a cozinha,inevitável.Perder a poesia do momento,jamais!!Deixo na voz Nana e Danilo Cayme, a lembrança desse lindo samba canção do Tom Jobim e letra Dolores Duran que faz parte da minha memória musical-afetiva.



Estrada do sol


É de manhã vem o sol
Mas os pingos da chuva que ontem caiu
Ainda estão a brilhar
Ainda estão a dançar
Ao vento alegre
Que me traz esta canção
É de manhã vem o sol
Mas os pingos da chuva que ontem caiu
Ainda estão a brilhar
Ainda estão a dançar
Ao vento alegre
Que me traz esta canção
Quero que você me dê a mão
Vamos sair por aí
Sem pensar no que foi
que sonhei
Que chorei, que sofri
Pois a nossa manhã
Já me fez esquecer
Me dê a mão vamos sair prá ver o sol




Para ouvir clique aqui:

free music