quarta-feira, 9 de novembro de 2011

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Desvendando Bijuterias de João Bosco




Depois que o remake da novela O Astrofoi ao ar, trouxe de volta para o nosso cotidiano o tema da década de 70 , Bijuterias, do compositor e cantor João Bosco .

Vejo pelas redes socias muitas pessoas, ( jovens ) , falando sobre a música e a tratando de nonsense.

Engano deles.

João Bosco é fera !

No meu humilde entendimento , a música Bijuterias, clique aqui para ouvir, é uma espécie de Tratado das características de um virginiano em 2 minutos.

João Bosco nasceu em Ponte Nova em 13 de julho de 1946, portanto, segundo a astrologia, ele é do signo de Câncer, isso significa que a musica fala de um virginiano fictício.

No caso, da novela, subtendo que o Astro, é virginiano.(confesso que esse detalhe eu não sei.)

Nada entendo de signos, nem acredito, também não desacredito, portanto, peço que os astrólogos me perdoem a ousadia.

Apoiada na minha convivência e observação de várias pessoas do signo de virgem e baseada em suas caracteristicas marcantes e comuns , fiz uma brincadeira analítica com a letra do excelente João Bosco.



Compreende-se pessoas do signo de virgem todos os nascidos entre 23 de Agosto até dia 22 de Setembro .

Vênus na mitologia romana é a deusa do amor e da beleza .Segundo a astrologia Vênus rege o sistema da sensualidade e da atração feminina.Dá a impressão que o ansioso virginiano em questão está no mes de Agosto e começa a sentir antecipadamente os efeitos de um futuro encontro amoroso .Ele já se apavora com a ideia de uma paixão, pois amores costumam desordenar a vida e normalmente nos tira da zona de conforto.Desordem: coisa que um virginiano não suporta.

A pedra ametista e o amarelo são elementos que trazem sorte para o signo de virgem.

Dizem que os virginianos tem grande capacidade artística e é perfeccionista .Possuem um mundo organizado em torno de si.Além de gostar de ter a vida ordenada são ligados a higiene e são extremamente detalhista e isso explica a coisa do ir urgente ao dentista. Um sorriso impecável pode causar boa impressão no futuro amor.Há os que dizem que dentista só foi inserido na letra para fazer rimas com as palavras com final "ista".Será? se for deu um toque de humor. Característica marcante de Joaõ Bosco.

È muito comum ter virginianos hipocondríacos, acredito que por causa da mania de limpeza. Um sopro pode ser um suspiro , mas também pode fazer referencia a disfunção cardíaca já que ele prevê um encontro de amor e a possível melancolia do estar apaixonado pode interferir no som do seus batimentos cardíacos.Parece que o virginiano da música é vítima de amores que não deram certo, tal a certeza de que amor é uma quimera.( Gosto dessa palavra para definir utopia, coisas irrealizáveis, é tão nostálgica...)

Com tanta organização o Virginiano as vezes acaba sendo um chato de galocha, pois, quem organiza, estabelece regras de uso das coisas ,por exemplo, e com a idade as coisas tendem a piorar. Essa frase tem uma carga grande de solidão. Será um solteirão de meia idade ?

Segundo os estudiosos dos mistérios dos signos uma das características marcantes do virginiano é que são francos e honestos . Virginianos não medem as palavras quando acham que algo não está certo.Portanto, são transparentes .Mas ,por que transparentes como bijuterias ? porque bijou são adereços feitos para enganar os olhos, parecem uma coisa mas são outras.São joias falsas.Os virginianos costumam armar-se em durões, vendem uma imagem de fortes mas são muito frágeis por dentro.

Só para situar sobre a Sloper: A Casa Sloper , era uma rede de lojas de departamento que fechou na década de 90 “ terminando com a tradição daquele endereço que atravessou o século XX vendendo mercadorias de qualidade a uma clientela de alto nível. ("apud" P. Vasconcellos)”.A sloper tinha produtos que eram objetos de desejo de senhoras e senhoritas elegantes do Rio de Janeiro na época em que João Bosco fez a musica.. Era uma loja com padrões europeus e tudo era cuidado, refinado e muito perfumado. As vitrines eram um sonho de tão bem arrumadas.

Portanto, suponho que “Pelas vitrines da Sloper da alma”, quer dizer que por ele ser transparente e paradoxalmente dissimulado como bijuterias, sua alma esta exposta como em uma fina loja de departamento, exposta com certo glamour pois assim a venda é facilitada .O virginiano usa de subterfúgios, "os enfeites", as carapaças para se proteger dessa exposição .

Abusando da metáfora do João Bosco sobre alma , lojas , vitrines e exposição , e aproveitando para fazer filosofia barata, sabemos que as pessoas compram o que é exposto de modo atrativo, e o que somente a loja quer vender. Muitas vezes o que é exposto está encalhado e a loja precisa se livrar do produto.Não raro o que é exposto é supérfluo .

Penso também que as coisas que realmente são importantes para se "comprar" nas lojas não precisam estar em exposição, pelas características da loja costumamos intuir que nela existe o produto desejado . Mas, primeiro é necessário disposição e entrar na loja para procurar o que se quer . Muitas vezes entramos na loja, reviramos todo o estoque e quebramos a cara .Não encontramos o produto desejado ou as vezes até o encontramos , só que avariado pelo tempo, desbotado,amassado,fora de moda, com a embalagem estragada pela manipulação de outros compradores .Não vale a pena levar.Como otimista de carteirinha, e dona de um olho técnico que só os que amam entrar em brechós o possui, sei que não muito raro, em meio a procura do tal produto desejado,me dou conta que há outros itens interessantes na loja .Coisas tão interessantes e preciosas que jamais havia suposto encontrar ou precisar para minha vida .

Como todo mundo já sabe , sente ou sentiu os efeitos na pele e no coração: viver é correr riscos.Que tal fuçar mais nas prateleiras das lojas de departamento da vida? podemos ter boas surpresas...Se joguem!

È isso ,caro leitor.

Tudo que voce acaba de ler aqui é de minha total (ir)responsabilidade ,pois como já afirmei , eu não entendo lhufas de horoscopo.

E Voce, qual é a sua interpretação de Bijuterias? coloca sua contribuição nos pitacos ai embaixo , vou gostar de ler.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Dia do Kike


Se alguém me perguntasse qual foi a coisa mais incrível que ja vi ou vivi, eu diria que foi a maternidade.
Ter uma criaturinha crescendo dentro de mim , sendo moldado de minha própria pele,gordura,sangue,tecidos, se alimentando do que eu me alimentava, era surreal e mágico, é algo que até hoje me encanta.Como pode?
Desejei tanto ser mae!
Me achava a mulher mais linda do mundo, e a mais poderosa também.
Fiz coisinhas de enxoval, pintei,bordei, tanto prazer enquanto pensava em c
omo seria a carinha dele.Planejava tantas coisas que eu gostaria de ensinar a ele, fiz tantos planos para o seu futuro...
Me lembro todos os detalhes do dia 28 de junho de 1991.
Parece que foi ontem...
Era uma fria sexta feira de inverno, por volta das 22:30,um menininho lindo nasceu de parto normal e estava guloso mamando a primeira vez.
Choro e alivio por ver que ele tinha todos os dedinhos, tinha boca,nariz,olhos perfeitos!
Todos os membros saudáveis, que nasceu chorando forte, que tinha olhar esperto.
Feliz por que ele era meu.
Nasceu rápido e quase sem dor e a alegria era tanta em ter meu bebe no colo!
Jamais esqueçerei o olhar de amor dos meus bebes quando estavam mamando.
Ainda guardo na memoria o cheirinho deles, o tato de sua pele macia..
Dei ao primogênito o nome de Henrique, mamou ate os 3 anos, cresceu forte, bonito em todos os sentidos,saudavel, inteligente, bom carater,ama a familia, toca violão,honesto, tem bom coração, me respeita,respeita as pessoas ,não possui vicios,jamais
me envergonhou,e tenho um orgulho danado de ser sua mãe .SOu uma mulher feliz pois vejo que ele nao esta disperdiçando a vida com o que não é relevante.
Hje completa duas décadas que o vi pela primeira vez e meu amor cada dia é maior por ele.
Estuda biomedicina , esta namorando, e é tão estranho o quanto o tempo nos engana os olhos e percebemos que aquele garotinho é um homem.
Tenho por ele todos os meus melhores sentimentos e pensamentos e nao ha um dia sequer que não peço a Deus que dirija seus passos.
Feliz aniversário filho!
Saiba que voce é uma das melhores decisões que tomei na minha vida!
Voce e seu irmao são o meu tesouro ,a minha riqueza e a minha razão de viver.
Espero que seja um homem feliz, realizado,que tenha um bom emprego e seja um profissional responsável e satisfeito no que for fazer, que possa viajar pelo mundo , ver coisas bonitas, que a musica possa sempre ser sua companheira,que encontre uma mulher bacana para amar , que possa ter uma bela familia, me dê lindos netinhos, que seja o melhor pai e marido do mundo e que Deus me de muita saúde para poder desfrutar da alegria de poder ver isso acontecendo !
Viva o dia 28 de Junho.
O dia de seu aniversario e meu dia de niver também, é o dia em que me tornei mãe.
parabens para nos tres.EU voce e o Tuty!
Feliz Dia do Kike!








segunda-feira, 27 de junho de 2011

E o feriadão acabou!


Foram dias lindos!
Sol,céu azul, mar...apesar do ventinho frio.
Ficar em casa de folga só morgando com filho e marido nao tem preço.
Como bons caseiros que somos , passamos dias deliciosos de folga curtindo nosso cafofo novo.
No momento começa a chover, silencio la fora, somente quebrado pelo som da chuva.
Gosto dessa paz .
Que Deus abençoe a todos!
"Que a força esteja com voces", hahahaha!

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Ressaca

Em tempos de mar ressacado no Rio de Janeiro, me lembrei de um texto que escrevi ha alguns anos.Em um tempo que jamais imaginei morar tão perto do mar...

O mar em seu fluxo e refluxo embriagou-se de luar e amanheceu de ressaca.
Aborrecido vomitava tudo que lhe enjoava as entranhas
Eterno paradoxo.
O vento traçou-lhe as rotas
Maresia
Tapete azul,verde,branco
Não muito distante dali, arremessado pelas ondas nauseantes ,jaz um corpo...
Rijo, transparente , delicado.
Vidro.
Nada mais possuia da sua antiga vida de rocha
Sua ambição era simplesmente ficar deitada contemplando o céu.
Sódio,quartzo e calor mudaram seu destino
Mão artesã tornou-a fluida,viscosa,maleável.
Com o sopro foi moldado
Atirada à agua, cristalizou
Adquiriu caráter translúcido.
Experiências sensoriais jamais imaginadas por um simples composto de sílica
Deram-lhe função.Garrafa.
A princípio portava dentro de si mel,nectar dos deuses
Depois, hospedou agua , sumo das nuvens,fonte de vida.
Agora, seu corpo vazio traz uma mensagem
Por ironia do destino voltou ao local de origem
Areia.
Sábia,aguarda com paciência para cumprir sua ultima missão.
Enquanto isso madrepérolas generosas expoem ao sol suas intimidades nacaradas.
By Eliana Lopes de Andrade @Nanamada

sábado, 28 de maio de 2011

Diálogo Infame



Estavamos sem net hoje, chuva forte la fora e o tédio assolando ...nada para fazer.
Entre edredons eu disse: garganta arranhado...
Tuty replica :Mamae toma MelagriON.
Então eu respondi: nao dá, estamos sem NeT,hahahaha!



Mamae e Tuty aos 7 anos

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Pequenas flores...

São quase cinco da manha e ainda está muito escuro e silencioso.

Gosto do silencio que a madrugada tem.

O vento vindo do mar trouxe chuva.

Chuva forte e gelada.

È estranho para quem viveu a vida toda no Planalto Central ver chuva essa época do ano.

Aqui a chuva tem cheiro diferente. Sinto falta do cheiro seco da chuva do cerrado.

Fui ate a varanda para fechar a porta da sala e vi minhas flores embaixo daquela água toda e estavam simplesmente lindas e cintilantes.Me chamou atenção as violetas, florezinhas bestas e aparentemente frágeis, mas tão lindas... chuva forte em cima delas e nem uma pétala sequer caiu...

Me fez pensar nos problemas que às vezes temos que enfrentar ,nas tempestades que se formam sobre nossas cabeças e que são inevitáveis que deságuem em cima de nós.

È bom saber que depois que tudo passa nem parece que fomos açoitados por tudo aquilo e percebemos que estamos mais fortes e as vezes melhores que antes..

Isso me fez lembrar de uma canção que ouvia muito quando era adolescente.

A letra dizia mais ou menos assim...

Florezinhas nunca se preocupam
quando o vento começa a soprar.
E nunca, nunca choram
quando a chuva começa a cair apesar de estarem molhadas e tudo tão frio...
Logo o sol voltará a brilhar e vou sorrir para o mundo por ver sua beleza.

Então deixe chover, deixe chover, deixe cair,
Pequenos problemas continuam batendo a minha porta
Se aprendemos o certo do errado, elas irão contribuir para nos tornar fortes.

Assim, quando as nuvens começam a se formar
E o vento começa a soprar
Florezinhas não se queixam,
Embora eles sejam jogadas para lá e para cá.

Bem, eu acho que já aprendi o segredo,
que somente as pequenas flores sabem
Se nunca, nunca chove,
Então, nunca, nunca crescerá...


Dedico essa canção aos meus velhos amigos de infância e adolescência e boa parte da juventude. Companheiros de ensaios de coral,de sexta a noite,sábados e domingos.
Dedico em especial para os aniversariantes do mes de Maio :
Gaby, irmã de coração, filha do Mestre Clemente, nosso pai na música,foi ela que levou sua musica,violoncelo, e magia para a cerimonia de meu casamento e a fez tão especial.
Elsaby, irmão nao menos talentoso de Gaby.
Emanuel, parceiro preferido para duetos .Querido primo adotivo.
Auro,que fez do canto boa parte da historia de sua vida.
Jundi, doce pessoa de maos de fada.
Samuel ,irmão da Jundi que dentre esses velhos amigos foi o que em especial compartilhou de perto de alguns momentos de tempestades de minha vida, e de muitos dias lindos dias de sol .Feliz aniversário a todos!
Escuta a canção ai embaixo.
#SimAsVezesSouMelosa,rss .



domingo, 15 de maio de 2011

Ai, Dindi...se soubesses o bem que eu te quero...


Música...apesar das artes visuais serem minha escolha no que diz respeito a área do conhecimento e pesquisa, a música, é das artes ,a que mais me aproxima do sentimentos sublimes, etéreos, das coisas mais profundas sobre mim e sobre tudo o que me cerca...
È a música minha maior companheira em todos os momentos de minha vida.
È a música, que neste momento ,em plena madrugada de insônia, me faz parceria fiel.
Poesia aliada a pulsação, melodia,harmonia e ritmo, me encantam de maneira inexplicável.
Uma trilha sonora para cada momento,pessoa,situação.Voce também nao é assim?
O ser humano é assim:Essencialmente som.
A agua do nosso corpo reage ao som .
Entramos em ebulição com alguns ritmos e as vezes temos a alma quase que evaporada com outros...
Ja leram algo sobre as experiencias do Dr. Masaru Emoto? bem interesssante.
Creio no mistério de uma força tremendamente superior ( o que chamamos de Deus) fez o mundo e o fez através do som.
Energia poderosa do som, canalizada, fez o mundo.
"E disse Deus"...Acho tão poético pensar que o Deus que aprendi a amar pode ter cantado quando disse:"Haja luz!'.Por que não? e depois que fez a luz,Ele deve ter sorrido "Viu Deus que tudo era muito bom"
Amo pensar em um universo se expandindo atravez do som seguido de um sorriso e cores explodindo por todos os lados...
Do som da voz de Deus se fez luz,cor.
Isso que é poder!
Lindo demais isso!
Eu escolhi ter como origem o som da voz de Deus, há os que preferem ter evoluído do macaco,geração expontânea, etc e tal....
È tão bom poder escolher a própria origem ne?
Mas não se pode negar que o mundo é tão maravilhosamente musical, a natureza é formada por uma infinidade de sons...
Aposto que há pelo menos uma musica que insiste em te perseguir há anos, te encanta, te eleva, te impressiona...
Dindi é uma das minhas músicas preferidas.
Simples,doce,poética,sensível,amorosa..
Toda vez que ouço a canção Dindi de Tom Jobim e Aloysio de Oliveira,em meus devaneios ,fico imaginando a pessoa que inspirou essa canção tão delicada, tão harmoniosa.
Que situação fez com que a mesma fosse composta?
Quem sabe que história os compositores ouviram para se inspirarem?Quem seria Dindi?
O fato é que Dindi é uma canção atemporal.
Na verdade, de uma forma muito genérica, todo mundo foi,ou é ou será um dia a(o) "Dindi" de alguém e também em contrapartida tem,teve ou terá um(a) ,ou várias Dindis pela vida toda.
Acho interessante o nome da música ter caracteristica andrógena.
Dindi pode ter qualquer idade ou sexo,pode ser qualquer pessoa, até mesmo voce ou eu...
O sentimento por Dindi não esta diretamente ligada a amor erótico portanto pode ser um amigo,parente,uma criança, um bichinho de estimação.
Talvez isso faça com que tantas pessoas se identifiquem com ela e mesmo depois de mais de 40 anos,ainda ser apreciada,e principalmente no exterior.
Essa música foi gravada pela primeira vez por Silvia Telles ,isso por volta de 1960.
Depois disso, vem sendo gravada por inúmeros cantores e músicos renomados pelo mundo todo.
Tenho guardado comigo um pequeno elenco de gravações dessa canção.Dificil escolher a mais bonita.
Para quem gosta de música, vale a pena ouvir as variações.Beijos doces .Que tenham um lindo restante de fim de semana e espero que com seu(sua) "Dindi" ao lado ou no pensamento...
Ai vai o poema...

Dindi

Céu, tão grande é o céu
E bandos de nuvens que passam ligeiras
Prá onde elas vão, ah, eu não sei, não sei
E o vento que toca nas folhas
Contando as histórias que são de ninguém
Mas que são minhas e de você também
Ai, Dindí
Se soubesses o bem que eu te quero
O mundo seria, Dindí, tudo, Dindí, lindo, Dindí
Ai, Dindí
Se um dia você for embora me leva contigo, Dindí
Olha, Dindí, fica, Dindí
E as águas desse rio
Onde vão, eu não sei
A minha vida inteira, esperei, esperei por vo...cê, Dindí
Que é a coisa mais linda que existe
É você não existe, Dindí

Partitura original


Rascunho com a letra de A.C.Jobim

Fonte de imagens originais do autor da mùsica : Instituto Antonio Carlos Jobim.Disponível Aqui

segunda-feira, 2 de maio de 2011

As malhas do mundo...


Kike com um ano

Participando de um debate sobre preconceito racial ,diferenças, cor de pele,etc e tal, me lembrei de um evento .
Trabalhava em uma escola com um rapaz (professor) que tinha desenvolvido um vitiligo e era evidente o desconforto dele assim que veio trabalhar conosco.
Meu filho mais velho jamais tinha visto alguem com uma pele com aquele aspecto, ele tinha por volta de uns 4 anos e frequentava a mesma escola onde eu dava aulas.
No primeiro contato nosso na escola meu filho olhou atentamente e bem sério o professor com vitiligo e bradou em alto e bom som: "olha mamae!! apontando o dedinho para o moço (gelei ,pois criança dessa idade é perita em fazer os pais passarem vergonha com sua sinceridade ácida e observações incisivas ), continuando... ele disse: "Que bonito! igual a uma vaquinha..."
Sim, ele fez correlação da malha do couro da vaca ,creio que com bichos de forma genérica , com a pele e gostou do que viu!
Respirei ,esperei a reação, já imaginando um jeito de pedir desculpas (ser comparado a uma vaca pode nao agradar,rsss).
A pessoa se abaixou até a altura do rosto do Henrique, olhou pra ele comovido e disse: "que delicia! se todos os humanos tivessem o seu olhar '.O kike(meu filho) nao entendeu nada, sorriu e disse "tchau tio" e saiu correndo pelo pátio.
Isso ficou marcado na minha mente e com certeza na lembrança desse colega de trabalho.
O tal debate é um dos típicos debates polêmicas facebookianos e começou a partir de uma afirmação de uma atriz e ex professora minha ,hoje amiga Sheila Campos "Não acredito que o racismo seja da natureza humana. Acredito que seja uma construção cultural."
Sou conivente com esse pensamento da Sheila, meu filho, que vivia em meio a tintas,formas,texturas,cores,manchas, tramas,bichos,flores, via com naturalidade seres malhados, multicoloridos, ver pessoas coloridas diferente da sua ,sejam de cor única ou malhadas para ele era uma possibilidade em potencial e natural...
A prova é que: uma criança descontaminada de preconceitos culturais ,vê as coisas como elas são. Assim como tudo na natureza tem malhas , cores ,jeito e modos diferentes ,por que nao existir pessoas também?
Off para curiosos:( O kike? hoje , para minha alegria, tem quase 20 anos e breve será um lindo ,talentoso , sensivel e humano biomédico...)



sábado, 30 de abril de 2011

Au Coin Du Monde ...Et que la lumière soit


Saudades... da minha casa de infancia, de juventude, a casa dos meus pais, a casa da minha mae, aquela casa simples onde moravamos todos nós:os 9
Saudades da vivacidade que a presença da minha mãe dava para a vida de todos nós.
Saudades do sorriso da minha mãe, de seu abraço...
Saudades do caos e do barulho daquela casa cheia de crianças (somos 7 irmaos) que tinha que dividir tudo,e brigavamos por tudo...
Saudades daquela casa cheia de aromas,musica,risos e sabores.
De quando nos reuníamos para cantar , e como cantavamos juntos!

Toda sexta a noite tenho essa espécie de banzo.
Consigo sentir o cheiro de pão integral recem assado, do cheiro de banho tomado no ar para esperarmos as orações e canticos do Sábado...
È nessa casa que não existe mais , porque crescemos, porque minha mae morreu, porque a vida nos levou geograficamente pra longe um dos outros, é nessa casa que eu me refugio em lembranças , é nessa casa que eu visito sempre que encontro o melhor de mim...

"Pois a casa é nosso canto do mundo. Ela é, como se diz freqüentemente, nosso primeiro universo. É um verdadeiro cosmos. Um cosmos em toda a acepção do termo..." Gaston Bachelard....


sábado, 19 de março de 2011

Encontros e desencontros....

Sempre penso sobre os desencontros da vida.
Principalmente nos desencontros amorosos.
Nos desencontros que o tempo e o espaço causam.
Penso também nas diferenças de peso e tensões dos sentimentos e desejos nas relações.
Sempre há um que ama mais que o outro, ou que demonstra mais que o outro,ou que percebe mais do outro que o outro,que quer mais que o outro...
Normal ,haja vista que trata-se de duas pessoas totalmente diferente um do outro.Individuos.
Mas ,por que espera-se que haja essa sincronia de vontades? utopia?
Há duas musicas que gosto de ouvir por varias razões :por afetividade pois me trás lembranças de tempos remotos de infância,de pessoas, pelas melodias que são gostosas .
Alguém teve a boa ideia de colocá-las juntas na mesma gravação e ficou perfeita tanto na linha melódica quanto na linha de pensamento.
Trata exatamente desses desequilíbrios de sentimentos nas relações.
Uma é Say a Little Prayer for You, composta por volta de 1967 por Burt Bacharach/David Hal para Dionne Warwick cantar.Uma fofura de music que foi inserida na trilha do filme "O casamento do meu melhor amigo" (alias uma das melhores e divertidas cenas do filme é quando cantam a música.
A outra musica em questão é a By The Time I Get To Phoenix que me lembra os antigos parques de diversões na minha infância nos quais usavam os auto-falantes como radio comunitária e ofereciam-se musicas para os namorados.Essa musica tocava muito . È uma canção americana composta por Jimmy Webb gravada por Glen Campbell, em outubro de 1967.
Johnny Rivers gravou a musica em 1965 mas passou sem fazer sucesso ai o Glen Campbell lançou um compacto simples* da musica e estourou nas paradas de sucesso dos EUA e aqui no Brasil me lembro que tocou muito mesmo .
Essa musica esta entre as 500 mais lindas canções do mundo segundo a publicação da revista Rolling Stones de 2004.Particularmente acho bonita.
Mas voltemos ao encontro das duas musicas e o que eu estava falando sobre sentimentos desencontrados nas relações. As vezes para um esta tudo bem e lindo, o outro ta afim de sair fora.
Enquanto na musica Say a Little Prayer for You a moça começa falando que “No momento que acordo antes de colocar minha maquiagem eu faço uma pequena prece para você”, ou seja, já acorda pensando no cara, em “By The Time I Get To Phoenix diz :“Quando eu chegar a Phoenix, ela estará se levantando. Ela encontrará o bilhete que eu deixei pendurado na porta dela. “Ela rirá quando ler a parte que diz que estou indo embora” , o cara ta dando no pé sem dó.
È bem interessante como colocaram as duas gravações juntas e como que as letras se relacionam ...
Uma observação:è claro que geograficamente o cara jamais poderia fazer de carro esse percurso em um dia mas vale a licença poética,rss .
Abaixo vai a tradução das duas musicas e depois o vídeo com as musicas juntas.


Say a Little Prayer for You ( A moça)

No momento que acordo
Antes de colocar minha maquiagem
Eu faço uma pequena prece para você
Enquanto penteio meu cabelo agora
E enquanto fico pensando o que vestido usar agora
Eu faço uma pequena prece para você

Eu corro até o ônibus, querido
Enquanto ando nele eu penso em nós, querido
E faço uma pequena prece para você
No trabalho eu apenas faço hora
E por toda hora do café
Eu faço uma pequena prece para você

Meu querido acredite em mim.
Para mim não há outra pessoa se não você.
Por favor me ame também.
E eu estou apaixonada por você
Responda minha oração agora baby.

(Refrão)
Para sempre, para sempre você ficará em meu coração
E eu te amarei
Para sempre e jamais nos separaremos
Oh, como eu te amarei
Juntos, para sempre, é assim que deve ser
E viver sem você
Apenas significaria magoas para mim

By The Time I Get To Phoenix (O cara cantando)

Quando eu chegar a Phoenix, ela estará se levantando.
Ela encontrará o bilhete que eu deixei pendurado na porta dela.
Ela rirá quando ler a parte que diz que estou indo embora,
pois já deixei essa garota tantas vezes antes
Quando eu chegar a Albuquerque,ela estará trabalhando.
Provavelmente ela vai fazer uma pausa no almoço e ligar para mim.
Mas ela ouvirá aquele telefone vazio continuar tocando longe da parede.
E isso é tudo.
Quando eu chegar a Oklahoma, ela estará dormindo.
Ela vai se virar suavemente e chamar meu nome baixinho.
Ela vai chorar ao pensar que eu realmente a deixei.
Oh, há quanto tempo eu tentei dizer a ela isso.
Ela não sabia que eu realmente partiria.
Ela simplesmente não sabia...



*Compacto simples era um disco de vinil de tamanho pequeno no qual era gravado somente duas musicas, uma de cada lado.


terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O Maravilhoso e Extraordinário Mundo de Julio Verne

Verão de 1971.
Uma menina de nove anos, um abacateiro com galho curvado e um livro de Julio Verne.
O Livro era "Viagem ao Centro da Terra".
Amor a primeira frase lida.
Foi assim que passei horas e horas, dias e dias de um janeiro distante, sentada no meu galho preferido de abacateiro ...
Como fui apresentada a esse escritor?
Entre umas tralhas que meu tio Santos tinha levado pra nossa casa antes de morrer havia alguns tesouros. Entre eles:livros,muitos deles.Entre esses livros tive o prazer de conhecer Julio Verne.
Genial.
Li todos os livros dele .
Papa da ficção cientifica, visionário, moderno, maluco!
Pouco depois assisti na Tv (sessão da tarde quando prestava) o filme Viagem ao Centro, que foi feito em 1959, apesar de ter personagem que não existe no livro tem imagens que marcaram minha infância.È um filme que gosto de rever sempre que posso.Tem uma leitura em cinema mais nova do tema mas eu prefiro o filme antigão da década de 50.
Para marcar mais a minha historia de amor com esse livro do Julio Verne em especial, o ex-tecladista do Yes, Rick Wakeman, em 1974 compõem e lança um disco épico, com o mesmo nome, inspirado no livro de Verne.
Claro que é uma interpretação livre e cheia de licença poética e é sensacional!
Hoje Julio Verne faria aniversário hoje e gosto de pensar em como ele está vivo em suas historias.Gosto de pensar em como ele pode ainda hoje fazer tanta gente viajar com ele em suas aventuras!
A arte torna os homens imortais pois é a memória que faz com que as coisas não morram.
Enquanto houver um ser humano vivo que aprecie a poesia seja ela de que forma venha( som,letras,imagens,movimentos) não importa!
esses geniais criadores permanecerão vivos.
E viva os maravilhosos loucos e criativos desse mundão de Deus!
Salve Julio Verne!
Deixo pra vocês curiosos de plantão o primeiro vídeo (da série de vídeos do filme Viagem ao Centro da Terra) editados por meu primo (Ronaldo Lopes Teixeira-RoLT-VideoMaker de primeira) usando o filme de 1959 ilustrando a musica de Rick Wakeman.
Não é porque foi meu primo quem editou não mas, pra mim a melhor série de vídeos do Rick Wakeman é feitas por ele. Impecáveis.Recomendadisso,o.Vejam e me digam se eu nao tenho razão.
Uma pequena mostra do vídeo.Com vocês: Viagem ao Centro da Terra de Julio Verne musica de Rick Wakeman e imagens editadas e manipuladas digitalmente por Rolt.
Divirtam-se






AH!!
Que for fã do Wakeman e quiser ver mais preciosidades do Rock Progressivo Clique Aqui e veja o Canal ROLT, vocês vão amar o trabalho de edição dele!
Beijos