sábado, 18 de dezembro de 2010

Désolé

Na quarta feira vendi um terreno.
Ele possuía um pequeno pomar no canto direito.
Nesse terreno havia : Pé de manga espada,abacate manteiga,jaca,amora,figo,pêra,goiaba branca e vermelha,limoeiro,umbaúba,acerola,um pé de urucum,uma arvore do cerrado gigante que eu não sei o nome (mas que iria ganhar uma casa de arvore nele) ,um pé de sucupira que ficava lindo quando florido .
Quando fechamos o negocio e combinamos o dia para passar a chave, conversei com a nova proprietária sobre o amor que tínhamos pelas arvores,(algumas com mais de 3 décadas) e que DARIA a ela todo o projeto já aprovado e registrado no Crea (que eu havia pagado caro para a arquiteta, e engenheiro fazerem ).O projeto aproveitava o terreno sem ter que matar as arvores..
A condição seria se ela não retirasse as arvores pois o abacateiro era morada de um bando de papagaios, a umbaúba atraia tucanos e isso sem falar nos outros pássaros, sem falar na sombra que as arvores davam para refrescar o sol do cerrado,etc,etc,etc.
Ela me disse:Bem se você me der esse projeto eu poupo as arvores .
Hoje à tarde quando fui ate o terreno buscar umas tralhas encontrei o terreno limpo e com sol rachando.
A Dona *& #@$%¨@$!@#!$, mandou arrancar todas, TODAS, as plantas do terreno.
Chorei com isso.
Imagina o calorão que vai fazer por La.
Imagina como os pássaros ficaram transtornados?quantos ninhos destruidos?
Quando me viu ficou sem graça e com vontade de perguntar do projeto.
Fiz que não entendi.
Só de raiva não passei o projeto pra ela.
Ela que gaste seus reaizinhos pra fazer isso.
Hunf!
Muito triste.
Nem sei o que falar...
Desolação!

4 comentários:

Juliana Freitas disse...

que triste, Nana!
e que vaca!
vaca é vaca, tem jeito não!

Nana Lopes disse...

Nem fala Ju...fiquei sem palavras quando vi.
Pior que tem filhos ainda pequenos que iriam amar subir nas arvores,comer as frutas...sinceramente nao entra na minha cabeça

Paulo de Tarso disse...

Tinha que mandar arrancar a mulher que comprou o terreno!

Ahdriano disse...

Muito tempo que eu não passava por aqui... Mas vejo que o blog continua um espetáculo. Fiquei triste pelo teu terreno, pq aqui em casa o terreno é bem grande com muitas árvores frutíferas nas quais passei toda minha infância brincando. Quase chorro qdo temos q cortar uma delas por estar muito velha e praticamente seca, ou pq está atrapalhando as casas vizinhas... Acredito q algum dia ela se dará conta da burrada q fez... pena que já será muito tarde.

Bjos Nana e aparece lá no Humoricando... Ele está voltando depois de muito tempo...

http://humoricando.blogspot.com