quarta-feira, 2 de abril de 2008

O Perfume




Quando meu filho mais velho  , Henrique, a quem chamo de  Kike, era bem pequeno,acho que por volta de uns 4 anos de idade,apresentou -me facetas de Deus que jamais havia pensado.
Em uma ocasião, após o banho ,enquanto se enxugava me disse que ele gostava muito do cheiro de Deus.
Perguntei a e ele como e quando é que ele cheirava a Deus .
Me disse sem pensar:" Cheiro toda hora mamãe. Deus colocou o cheiro dele na maçã,na flor,no mar...Ele é mesmo bem cheiroso e fez todas as coisas ." Continuou elencando uma infinidade de cheiros de Deus que ele identificava.
Para provocá-lo citei os cheiros desagradáveis e nojentos e perguentei se eram de Deus também . Mais uma vez sem pestanejar disse: "Deus, não apodrece as coisas,só as pessoas é que fazem isso e estragam toda a natureza e as coisas"
Não satisfeito ainda me falou que Deus era muito engraçado e divertido e que quando fez o mundo Ele (Deus)  riu muito colocando a tromba no elefante.Nao deve estar errado, na Bilbia disse que tudo que ele foi criando dizia :"Eis que tudo é  muito bom " e aposto todos os meus dentes da frente que ele sorria nesse  momento ,

6 comentários:

Deborah (Alma Collins) disse...

A inocência de uma criança talvez tenha mais sabedoria do que a mente idosa e cheia de racionalidade do adulto. Que bom ter um ser sensível dentro de casa, não é? Adorei.
Quero aproveitar para te convidar a ver o novo visual do meu blog. Depois me diz se você gosta.
Um grande beijo

Keidy Lee Jones disse...

Lindo texto, a inocência é exuberante.

Desculpe a invasão.
Até mais!

Pedro Ojeda Escudero. disse...

Qué hermoso texto de hijo y madre y cuánta complicidad hay en él.
Saludos, Nana.

Bill disse...

"Mininu ixpertu", como dizem os cariocas!

I iscutaqui, Naninha: tu num vai tomá um sorvete lá na redação, não? Tô te isperandu, mulé bunita!!!!!!!!

Bjoooooooooooosssssssssssssss!!!

Patty disse...

Que lindinho Nana!ele já ta grande hj né?

Nana eu mudei de endereço ok?

beijinhos fica com Deus!

Cinttia disse...

nossa adorei,a criança e sinonimo de pureza,sensibilidade, parabens e obrigada pela liçao.
bjs...adorei seu blog depois da uma passadinha no meu!!