segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

A Campeã

Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!
E o mês de Fevereiro chegou com vontade.
Esse verão chuvoso vem causado alguns danos naquele pedacinho de chão.
Os recém-casados pintassilgos, tiveram seu ninho derrubado pela ventania da ultima quinta feira.
Foram acolhidos pelo engenheiro João de Barro e sua meiga esposa Maria.
O Senhor João de Barro é respeitado empresário na área de empreendimentos imobiliários e aconselhou ao jovem casal a adquirir um novo ninho com a abertura para o nascente e prometeu acessória na nova escolha.
Triste foi ver o formigueiro das lava-pés todo inundado devido ao entulho deixado por baratas de rua.
A Avó de uma Joaninha salvou 3 dos netos sozinha usando apenas as patinhas e uma folha de mangueira como embarcação. Amor materno em dose dupla.
Saúvas aproveitaram a trégua que a chuva deu para fazer alguns reparos e dar uma faxina no ninho.
Com todo trabalho que tiveram na confecção das fantasias da Escola de samba "Unidos do beija-flor", desde Dezembro não pararam de trabalhar.
Este ano Charly, o escaravelho francês que é o carnavalesco mais cobiçado do mundo das festas populares criou um tema lindo.Todo projeto tem seu preço,e o trabalho foi dobrado.
Dona aranha confeccionou todas a alegorias e fantasias das passistas, que eram umas pulguinhas agitadas deixadas por um cão vira-latas que ia ali vez ou outra para enterrar seus ossos.
Os vestidinhos da ala das baianas, umas tatus-bolinhas muito simpáticas da comunidade,ficou a cargo da talentosa Valquiria uma vespa que nos áureos tempos da juventude foi rainha do carnaval. Mesmo com a idade conserva a famosa cintura que tornou sua marca registrada e padrão de beleza por gerações.
Flavinha do Novo Açude foi a porta-bandeira deste ano. A animada foliã recebeu estandarte de louro. Usou um lindo traje de época confecionado artesanalmente com pétalas de margarida sobrepostas todo rebordado com gotas de orvalho e fios de seda. Na cabeça um resplendor de plumas de canário da terra e trajada assim, nem parecia àquela lagartixa magricela e desengonçada de todo dia.
O mestre sala? Sérgio, o sapo Boi .Obviamente estava lindíssimo em seus trajes de época.Parecia um príncipe para o delírio e cobiça das pererecas solteiras.
Os beija-flores, destaques indispensáveis do espetáculo estavam mais reluzentes que nunca. Trouxeram inclusive uma espécie rara e dourada lá da outra margem do rio.
Este ano Letícia Lepidóptera, uma lépida e bela borboletinha azul, mais conhecida como Lele da Vila do Mel, foi eleita rainha da bateria. Ela arrasou seu micro-biquine. Interessante como mestre Grilo e os pica-paus ritmistas da bateria ficaram animados com a bela representante.
A escola venceu pela quinta vez consecutiva.
Sábado ao pôr-do-sol teve o desfile das campeãs. Claro que há muitos comentários a respeito de algum tipo de falcatrua nos resultados.
Até que se prove o contrario, o carnavalesco com serenidade, emocionado, enxuga suas lágrimas com um lenço de hortelã, se defende descrevendo todo amor da comunidade pela escola e afirma animadamente que isso é que faz a diferença.
Neste mesmo instante é carregado pelos ares, como herói, por abelhas torcedoras.
Sua concorrente e principal rival, a Escola de Bambas Geléia Real, promete em forma de grito de guerra que: "No ano que vem não tem pra ninguém" e já trabalham no novo espetáculo.
Bem caros leitores, restam-nos esperar pra ver!
Enfim, a festa acabou e tudo voltou ao normal.
E vamos que vamos de volta às aulas.
Até a próxima aventura de Flor
Fonte: Jornal do Terreno Baldio-Correspondente Flor do Canto
Editado por Pc a coruja
Delírios de Eliana Lopes de Andrade.
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!

7 comentários:

HenriqueM disse...

Li alguns trechos do texto.
:D Muito bem escrito.

Ahh, apenas uma frase não bate comigo:
"E vamos que vamos de volta às aulas."
Terminei colegial.
:(


Bjo.

Tyaguim disse...

Caramba Naninha...de onde você tira essa inspiração?
Legal demais!
Criei um desenho animado lendo tudo isso!
O nome da escola de smaba foi ótimo. Melhor impossível.
Gostei também do João de Barro e sua profissão...
Forte abraço!

Tyaguim disse...

Sem falsa modestia, mas eu sou o mestre do improviso menina!
Aquilo é apenas um texto.
Apenas um texto...rs

Hellenna disse...

adoreii seu blog! achei um tema muito bonito!
=]
adorei!
escreve muito bem!

Coisas de Homem disse...

Muito bom o texto,

gostei do blog tb

parabens

Pedro Ojeda Escudero. disse...

Me gusta el texto. Aquí el invierno está siendo templado y seco. El mes de febrero nos ha dejado pasear al sol.
Saludos.

pammm. disse...

Nanaaa...adorei :D