quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

REMEMORIAS DE DEVANEIOS ONÍRICOS

No dia 26 de Março de 2007, me aconteceu algo bem interessante,fato é que anotei a data.
Era sábado à tarde.
Após o almoço me deitei para fazer a tradicional siesta, por fim, dormi até as 19:oo horas. Amo dormir fora de hora e vcs?
Durante todo o sono eu falava algumas frases soltas que ao acordar fui correndo escrever antes que se esvaisse a idéia.
Sabe quando voce sonha cantando uma musica inteira,linda que voce tem certeza que não existe e quando acorda se vai ?.
Isso me acontece frequentemente e meu marido que entre outras coisas também é meu violonista preferido, também me disse que isso lhe ocorre.
Pois bem ,com esse fato comecei a fazer um exercicio que o chamo de " Rememórias de devaneios oníricos".
Toda vez que acordo, tento me recordar do que sonhei e anoto.
O resultado:Depois de dormir de 13 às 19:oo hs , eis abaixo o que eu fiz com as tais frases soltas.
O Título foi feito pós soneca.

Bombocado
Permitido para diabéticos

Doce pessoa
Torrão de açucar
Rústico bocado de ternura
Fervura
Melaço de gente
Fino licor aromático
Açucar não industrializado
Mascavo
Calda morena
Suculento ladrilho
Estrada
Espaço
Porção de amor
Manjar de Deus
Doce regalo
Sonho glassado recheado de alegria
Seu sorriso de sol irradia
Todo dia
Iguaria
Deleite
De leite
Alfinin
Bom mesmo é ter voce perto de mim!



Sonhado e rememorado por Eliana Lopes de Andrade entre 13 e 19 horas do dia 26/03/2007
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!


O ministério da sáude adverte: uma porção generosa de sobremesa antes da soneca pode produzir delirios açucarados (risos).
O,ok,ok...Sejam bonzinhos e deêm um desconto pra mim por que esse foi o primeiro "poema" que escrevi na minha vida. (Fazendo cara do gato do Shrek).
Um dia vou sonhar de novo com uma musica lindissima de um sonho recorrente,tenho certeza que vai ser a musica do século,kkkkkkkkkk.
Comentem por favor,não me deixem no vácuo!!
BOM DIA!!
Ao fundo, Scarborough Fair.Música medieval, de dominio público cantada por Simon e Garfunkel.Procurem a tradução que é bem lindinha!
Amanheci com essa musica colada na cabeça,rss
Hospede inúmeras fotos no slide.com GRÁTIS!



19 comentários:

FALSA REALIDADE disse...

muito bom, nunca tinha prestado atenção nisso antess

www.falsarealidade.blogspot.com

Renato Mesquita disse...

muito bom! mas acho que ficquei diabético só de ler todos esses doces ;)

Coragem, o Cão Covarde disse...

Eu gostei. Algo semelhante já aconteceu comigo e tentei me disciplinar a anotar os sonhos, mas sou muito indisciplinado e não deu certo.

Nana Lopes disse...

Renato, no incio do poema foi indicado para diabeticos, não corre esse risco,kkkk

Emanoel Ferraz disse...

gostei...

tomará que eu não seja diabetico... ¬¬'

Mariana disse...

gostei!
sabe que é uma boa idéia acordar e anotar tudo oq você sonhou? pode ser que saiam estórias criativas de lá...ou poemas para diabéticos! =P
meu namorado iria se sentir com esse último!
rs

Osmar Mesquita disse...

melhor poema de todos os tempo kkkkk
muito bom moça parabens hehe


http://bombadigital.blogspot.com/

Diário de uma dieta disse...

Ei linda...seus testos estão ótimos...
Espero que seu carnaval tenha sido bom...E a tireoide?Como está lidando com isso???

Beijos

˙·٠••●ą мσçą dą ﻝąиєℓą • disse...

Gostei do blog
e do seu estilo de escrever!
com certeza aparecerei mais vezes.

um beijo minha querida
e doces sonhos... *_*

SouMusic disse...

OI moça... to com pouco tempo agora e como seu texto era um pouco grande ñ dá pra ler agora... passo aki depois... vim só dizer q jamais deixaria de aceitar seu comentario. E acredito q devia desassociar um pouco a voz da Ivete do tipo de musica q ela canta... talvez acabe percebndo q ela eh mais q beas pernas... rsrrsrs

Prometo q volto pra comentar o seu... vlw!!!

Pk Ninguém disse...

Muitas vezes me acontece de sonhar algo e esquecer completamente, sendo que o que sonhei era lago bastante inspirador.

Alexandre Melo disse...

adorei o blog parabens se puder volte sempre no meu www.alexandrevmelo.blogspot.com bjusss

Anônimo disse...

A vida é sonho, como já ditava a famosa frase do espanhol Calderón de la Barca e o Chico Buarque brilhantemente traduziu a letra da música The Impossible Dream, baseada em Dom Quixote de la Mancha com: Sonhar mais um sonho impossível/Lutar quando é fácil ceder/Vencer o inimigo invencível
Negar quando a regra é vender/Sofrer a tortura implacável
Romper a incabível prisão/Voar num limite provável/Tocar o inacessível chão/É minha lei, é minha questão
Virar este mundo, cravar este chão
Não me importa saber/Se é terrível demais/Quantas guerras terei que vencer/Por um pouco de paz/E amanhã este chão que eu deixei/Por meu leito e perdão/Por saber que valeu
Delirar e morrer de paixão/E assim, seja lá como for/Vai ter fim a infinita aflição/E o mundo vai ver uma flor/Brotar do impossível chão... A música dos seus sonhos, Scarborough Fair é linda mesmo, mas ouça também For Emily, Whenever I may find her.

Pedro Ojeda Escudero. disse...

Leyendo tu excelente texto -¡qué siesta tan provechosa!-, me acabo de dar cuenta de que hace mucho que no recuerdo mis sueños. ¿Me estaré muriendo en vida?
Gracias por Simon y Garfunkel. Una de mis canciones favoritas.
Saludos.

NANA disse...

Olá Nana!
E eu que pensava ser a única a ter sonhos inspiradores...
Algumas vezes durante o sonho, eu chego a ter consciência que estou dormindo e fico tentando decorar o que estou fazendo, seja poema, música... mas é acordar e esquecer.
Antigamente eu sonhava até que estava escrevendo em outras línguas, que louco né?
Pena que nunca consegui passar pro papel... :(

Bjs.!

Ah! O poema ficou ótimo!

Diego disse...

será que foi só um sonho? huahuahuahua muito criativo! parabéns!

valeu a força lá no conto =)

bj

Alberto disse...

Olá! Venho retribuir a sua visita... gostei muito do seu blog. Achei que, além de mais, alguns dos seus posts dariam um belo livro para crianças. Este por exemplo, faria qualquer criança deliciar-se com com o que vc conta. E acharia tb deliciosas as palavras «rememórias de devaneios oníricos». Mesmo que não as entendesse.
Vou-te linkar na Galena.
Abraço

Carol Barcellos disse...

Comigo os devaneios poéticos acontecem em forma de música, hahaha! Olha, mas esse poema está belamente açucarado, gostei demais!!! Vc tinha que postar mesmo aqui, pra mostrar sua arte!

Beijinhos beeeeeeeeem doces e cristalizados, hmmm... :o>

Um ótimo final de semana!

Gênese disse...

q doce!

huahuahuahua...

deu até dor de barriga!

mas ta muito bom, vc é um observadora muito perspicaz!

^^"

bye