sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Verão de 1972

Em Janeiro de 1972 Caetano volta definitivamente ao Brasil. A música" Debaixo dos Caracóis "do Roberto era um dos hits nas rádios de todo o pais.
O verão de 1972 também trouxe com ele uma nova vida.
Chegou a este mundão no dia 10 de Janeiro.
Minha mãe, cuidou do enxoval com muito carinho,como sempre fez.
Nessa época eu ja havia aprendido fazer crochet e ajudei a minha mãe a fazer rendadinhos em volta de cueiros,fraldas e mantas.Estava tudo pronto.
Uma festa!!
Para vê-la nascer veio especialmente de Minas minha tia Ceiça e uma prima querida,Olívia.
Era tempo de fartura m nossa casa. Meu pai estava bem financeiramente nesse período.
Me lembro da alegria que a casa ficou nessa ocasião.
Ela não nasceu,estreou.
Linda,branca e rosada.
Possuía lindos cachinhos dourados como a tia Ceiça .A única branca da casa, já que todos os outros nasceram com pele morena ,cabelos negros como a família de meu pai.
Desde pequena já mostrava e demonstrava que tinha personalidade.
Eu gostava de passear com ela,enquanto minha outra irma gostava de lhe fazer mamadeira e trocar roupinhas. Era como se fosse sua boneca.
Nasceu com alma de artista e assim vive até hoje.
Enfrentou de tudo por seu sonho.
Começou com seus desenhos, sendo estilista,pena que não levou a frente,canta ,dança,empresta sua beleza as telas ,comercias e peliculas .Sua voz é como cristal e isso lhe rendeu um apelido.
Acredito que boa parte das preces de minha mãe eram endereçadas a ela,pois desde cedo resolveu ganhar o mundo e foi pra longe.
Foi tentar a sorte em outras terras, pelas bandas da Europa.Mas sua principal produção, a verdadeira obra prima de toda sua existência.o que ela tem de melhor em beleza e graça, hoje ela carrega em seu colo. Lorenzo.
1972, trouxe alguém muito especial.Cris,Cristal.Minha mana caçula.Feliz aniversário!!
Como esta tão distante, vou te deixar uma musica do Caetano de presente pois sei que você gosta.Beijocas

O Amor

Composição: Caetano Veloso (baseado em poema de Vladimir Maiakovski)

Talvez, quem sabe, um dia
por uma alameda do zoológico
ela também chegará
ela que também amava os animais
entrará sorridente assim como está
na foto sobre a mesa
ela é tão bonita
ela é tão bonita que na certa eles a ressuscitarão
o século trinta vencerá
o coração destroçado já
pelas mesquinharias
agora vamos alcançar tudo o que não podemos amar na vida
com o estrelar das noites inumeráveis
ressuscita-me
ainda que mais não seja
porque sou poeta
e ansiava o futuro
ressuscita-me
lutando contra as misérias do quotidiano
ressuscita-me por isso
ressuscita-me
quero acabar de viver o que me cabe
minha vida para que não mais existam amores servis
ressuscita-me
para que ninguém mais tenha de sacrificar-se
por uma casa, um buraco
ressuscita-me
para que a partir de hoje a partir de hoje
a família se transforme e o pai seja pelo menos o Universo
e a mãe seja No mínimo a Terra
a Terra
a Terra

No you tube tem um vídeo fraquinho na minha opnião,mas vale a pena ver para lembrar da musica que é bonita e eu nao a possuo em mp3 no momento. Mais tarde eu posto. "oia pros ceis vê!"

6 comentários:

Benó disse...

A sua mana certamente está muito feliz ao ler o seu artigo. Parabéns para ela e também para a Nana por transmitir, em poucas palavras para o Mundo inteiro, esse carinho que sente por ela.
Ah! e obrigadda por me chamar de menina. Já tenho muitos anos mas fico contente pelo carinho demonstrado.
Desejo-lhe as maiores felicidades do Universo.

Sileide disse...

Obrigada Nana por está homenagem tão linda que vc fez pra tua maninha que é minha tb...
Ela realmente é merecedora desta página... Grande amiga, guerreira e uma pessoa que me orgulho muito e quero muito bem está pessoa é a Cristal, Cristiani para os intimos e amada por todos e agora nos deu um presente maravilhoso como o Lourenço... Parabéns minha amiga por este dia tão especial pra todos nós... naum vejo a hora de nos rever e poder abraçar, sorrir, rolar, brincar, pular de tanta felicidade agora com vc e o Lorenço... Amo d+++++++ vcs.... Bjussssssss da sempre amiga : Sileide Lemos

Sileide disse...

Linda homenagem... lágrimas correram dos meus olhos...
Sileide Lemos

Tuty disse...

Felicidades tia Cris.Muita saudades.Beijos Arthur Loback

cristal disse...

OH Mana querida!Muito obrigado por esse lindo presente...e maior presente ainda è ser tua irma!Muitas saudades...te amamos!

inacio disse...

Belo texto, muito sincero. Parabéns.